Empresa Marques da Silva : empresas de ônibus extintas

A Empresa Marques da Silva surgiu no início dos anos 60 operando na linha de Camaragibe . 

Uns anos depois foi interceptada pela justiça devido a problemas fiscais com o seu proprietário.

Confira a cronologia da empresa :

Em 1963 a Rodoviária Brasília assumiu a linha de São Lourenço da Mata , abandonada pela Marques da Silva.

Em 1967 a Empresa Marques da Silva estendeu a sua linha de Camaragibe até o Hospital Alberto Maia prejudicando a Rodoviária Brasília , fato que causou um mandado de segurança pela Brasília , reivindicando seus direitos , o que foi concedido.

Ônibus da Empresa Marques da Silva , registro de um acidente , observe o nome da empresa na lateral superior do veículo

Em 1968 a Marques da Silva operava a linha de Camaragibe pela chamada " Volta ao Mundo " atual Rua Manuel de Medeiros , devido a construção da nova ponte da Caxangá.

Em 1969 a empresa adquiriu dois ônibus com a nova carroceria Metropolitana , em coquetel de apresentação dos novos modelos da encarroçadora no Sport Club do Recife ; na ocasião o Sr. Marques da Silva adquiriu também dois ônibus na versão turismo para a Locadora Lapenda , que oferecia serviços turísticos no Recife.

Em 1970 a Marques da Silva foi adquirida pela Empresa Oliveira , que fazia a linha de Jardim São Paulo . ( Ver matéria )

Em 1974 a linha de Camaragibe , operada pela empresa , passou a fazer o itinerário pela Avenida Norte.

Em 1975 a Rodoviária Brasília aumentou a frota da linha de Camaragibe , operada sob intervenção judicial pela Marques da Silva , os itinerários Camaragibe ( Cohab ) e Camaragibe ( Timbi ) ganharam oito novos ônibus. Neste ano a Marques da Silva operava também a linha Camaragibe ( Alberto Maia ).

Em 1976 a justiça emitiu parecer condenável contra o Grupo Zé Bodinho da qual a Empresa Marques da Silva era integrante, e encontrava - se sob intervenção , até o ressarcimento do débito fiscal de seu proprietário. Numa manhã de dezembro todos os ônibus da empresa foram apreendidos e levados para o depósito do Detran , porém à noite circulavam normalmente pelo seu terminal na Rua do Cinema São Luiz.

Em 1977 fazia também a linha Camaragibe ( Aldeia de Baixo ).

Em 1978 a empresa mantinha apenas 6 ônibus nas linhas de Camaragibe. Em março , a Borborema começou a operar as linhas de Marques da Silva : Camaragibe ( Aldeia de Baixo ) , Camaragibe ( Alberto Maia ) e Camaragibe ( Fábrica ) ; com isso a Rodoviária Brasília impetrou mandado de segurança contra a locação de ônibus a Marques da Silva e consequente operação nas linhas , mandado esse negado pela justiça. No entanto a Borborema continuou com apenas três ônibus na linha Camaragibe ( Alberto Maia ) , com os dizeres " coletivo a serviço da Empresa Marques da Silva " .

A Marques da Silva possuía nesse ano 30 ônibus , a maioria sem condições de uso.

Em 1980 a Rodoviária Brasília assumiu todas as linhas da Marques da Silva.

Pesquisa : Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Links

Fique por dentro !

MINIATURAS

Minha galeria