Ciclismo

Ciclismo
Tudo sobre bike

Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de julho de 2022

Lancha da CTU serviu a população de Brasília Teimosa nos anos 70 .

 Em 1970 a CTU adquiriu na Holanda uma lancha para transporte de passageiros pelos rios do Recife. 

Antes de ser utilizada , a lancha passou por reformas em seu teto e piso , e também pintura nas cores : vermelha , branca , verde e azul , e os dizeres na lateral com a sigla da companhia , o equipamento possuía banheiro e serviço de bar ; recebeu o nome de Comandante Garcia D`avila . A primeira linha a ser operada pela lancha seria a Recife / Brasília Teimosa , saindo da Praça Rio Branco ( atual Marco Zero ) . 

A lancha demorou a entrar em funcionamento depois de pronta devido a ponte rodoferroviária estar em reforma , impedindo a passagem da lancha por esse trecho do Capibaribe . A lancha entrou em funcionamento em dezembro , o itinerário previsto seria da Praça da República até Brasília Teimosa , mas devido a obra da ponte , era feito o transbordo de forma gratuita para o ônibus da  CTU até a Conde da Boa Vista . No Natal deste ano Papai Noel era atração chegando na lancha no Cais da Aurora.

A lancha começou a transportar de forma comercial em março de 1971 , com sucesso , no primeiro dia de funcionamento transportou 1.600 passageiros . A viagem entre a Praça Rio Branco e Brasília Teimosa durava em média 30 minutos , a lancha chegou a fazer neste ano 50 viagens por dia . A capacidade da mesma era de 82 passageiros.

Menos de 1 ano de inauguração do serviço , em junho , a lancha já não atraía muito passageiros e o havia sinais de vandalismo , tendo a mesma os bancos rasgados . Em julho , numa nova tentativa de salvar a lancha , foi definido um novo percurso para o equipamento , ligando o Grande Hotel à Ponte Motocolombó . Outros percursos também surgiram como opção , um deles ligando o Grande Hotel a Ponte da Torre , principalmente em dia de jogos na Ilha do Retiro , onde teria um ponto de desembarque .

Em agosto a lancha passou a ser utilizada em passeios turísticos nos finais de semana . Em 1973 passou por nova reforma , recebeu nova pintura e os buracos no piso foram fechados .

Em setembro 1974 voltou a ser utilizada na linha Centro do Recife / Brasília Teimosa ,  partindo das proximidades do Grande Hotel , fato que gerou protesto das empresas de ônibus que faziam o itinerário , alegando concorrência desleal . 

Percurso aproximado da Lancha da CTU entre o Recife e Brasília Teimosa

itinerário da lancha da CTU

Em 1975 a lancha parou de operar no transporte de passageiros na linha criada , devido a obras nos cais flutuantes . Em novembro desse ano voltou a atender aos usuários , cobrando o mesmo  valor de uma passagem de ônibus. 

Em 1976 a lancha da CTU apresentava baixa demanda , transportando apenas 30 passageiros por viagem .Em junho , a lancha saiu mais uma vez de operação para reparos , era previsto voltar  com uma nova pintura , nas mesmas cores dos ônibus opcionais : laranja outono , azul safira e branco . Mas em março de 1977 a lancha ainda não havia voltado a circular nos rios da cidade , o motivo para tanto reparo segundo os técnicos da embarcação , era que a lancha já havia sido comprada da Holanda com 5 anos de uso , e o motor já não aguentava muita coisa , foi quando decidiram adquirir um motor novo no sul do país .

Finalmente voltou a atender a população de Brasília Teimosa em outubro de 1977 , com tempo menor de percurso : 15 minutos , atendendo das 5 às 20 horas  , voltou com a capaciadade ampliada para 96 passageiros.  Nos fins de semana , quando atendia somente a turistas , saía do Cais da Rua do Sol em frente aos Correios indo até a Ilha Joana Bezerra. 

lancha da CTU : imagem Diário de Pernambuco

Em dezembro de 1979 , depois de mais um tempo parada , a reinauguração foi frustrada por um defeito na parte mecânica da lancha , o que não permitiu nem a saída da atracação em frente a Praça 17 . Neste ano o equipamento já fazia 40 viagens por dia ligando Brasília Teimosa ao Centro do Recife . 

A lancha deixou de circular no início dos anos 80 . 

Pesquisa : Diário da Manhã , Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

IMÓVEIS - La Vie , Moura Dubeux no bairro da Várzea

Bairro da Várzea ganha mais um Moura Dubeux

Imóveis Depois do Reserva Polidoro , a Moura Dubeux inicia a construção de mais um novo edifício na zona oeste do Recife . O La Vie é o mais...