Pesquisar neste blog

Uma viagem pelo ônibus Padron no Recife

 Os ônibus que circulavam no Recife na década de 70 eram fruto de uma indústria sem regulamentação , o que resultava em inúmeros tipos diferentes de produto ( ônibus ) ; muitos deles desconfortáveis , de acesso difícil , mal iluminados , de pouca ventilação , portas e corredores estreitos e faziam um ruído que incomodava a audição dos usuários e dos motoristas que trabalhavam o dia todo no equipamento . Além disso consumiam muito combustível , em resumo , não se fabricava pensando no conforto das pessoas . 


Projetado pela EBTU ( Empresa Brasileira de Transportes Urbanos ) em dezembro de 1979 , o Projeto Padron - Padronização dos Ônibus Urbanos ganhou as ruas do Recife no início dos anos 80.                                    

Apesar do conforto e padronização elogiados por muitos , o impecilho dos ônibus Padron era o preço , pois custava o dobro de um monobloco convencional . 

Iniciaram por aqui justamente no mês previsto pelo órgão federal , outubro de 1980 ( apesar de já ter sido testado em São Paulo e Porto Alegre ) , em teste por 1 mês na linha Cidade Universitária / Boa Viagem , operada pela CTU .

Dados do veículo

Porta de 1,20 m de largura

Movido a óleo diesel

Veículo mais baixo

Borboleta mais larga

Freio hidráulico

Saída só com as portas fechadas

Carrocerias : Marcopolo , Caio e Ciferal

Motor : Volvo e Mercedes 

Chassi : Volvo B 58

Transmissão : automática

Direção hidráulica

Vida útil : 10 a 12 anos


Viagem inaugural

Apresentação a políticos e empresários , o ônibus Padron saiu da prefeitura do Recife cumprindo o seguinte itinerário : Ponte Buarque de Macedo , Palácio do Campo das Princesas , ponte Princesa Isabel , Rua da Aurora , ponte do Limoeiro , retornando a Prefeitura.

Em novembro de 1980 os cinco ônibus em teste por aqui , passaram a trafegar na linha Engenho do Meio . Previstos para ficar só até o mês de novembro , devido a aceitação do público o GEIPOT prorrogou o empréstimo por mais 15 dias  , totalizando 41 dias em operação na cidade , depois seguiu para Belo Horizonte  , Salvador e a última etapa dos testes foi no Rio de Janeiro. 

Curiosidade

Quem inaugurou o ônibus Padron em Recife foi o Papa , numa visita a capital , o pontífice foi transportado do Palácio dos Manguinhos ( sede do governo ) até o aeroporto do Recife.

Primeira linha depois do teste 

Em abril de 1981 o Recife foi a primeira cidade a comprar ônibus Padron , mesmo os veículos ainda em período de testes pelo Brasil. A Marcopolo forneceu as carrocerias montadas sobre chassi Volvo.

Em junho os primeiros cinco ônibus Padron adquiridos pela CTU iniciaram na linha da Várzea . Eles tinham capacidade para 86 passageiros , sendo 35 sentados. 

Em outubro de 1982 a CTU já possuía 15 ônibus Padron em operação , sendo 7 na linha do Engenho do Meio e 8 na linha da Várzea.


Em setembro de 1985 a CTU adquiriu para testes um novo ônibus Padron , montado sobre chassi MBB , o chamado Padron II , com capacidade para 105 passageiros.


Em novembro de 1986 a CTU adquiriu 17 ônibus modelo Padron Águia , produzidos pela Thamco.



Em maio de 1988 a Rodotur adquiriu 2 ônibus Ciferal Padron Alvorada .

Esses últimos modelos eram de menor capacidade no transporte de passageiros.



Em agosto de 1989 a Expresso Vera Cruz recebeu 24 ônibus  Scania Padron , para operação nas linhas : Muribeca , Conjunto Marcos Freire , Jordão Alto e Jordão Baixo . 


Em dezembro de 1989 a São Paulo renovou sua frota com 10 ônibus Padron Caio Vitória , com capacidade para 110 passageiros.

Pesquisa : Diário de Pernambuco , O Poti ( RN )

Conheça o novo ônibus Padron da Mercedes - Benz , link abaixo

https://www.cargaetransporte.com.br/2021/03/23/mercedes-benz-lanca-onibus-urbano-super-padron-para-ate-100-passageiros/








Nenhum comentário:

Links

Fique por dentro !

MINIATURAS

Minha galeria