Página no Facebook

Página no Facebook
Clique na foto
Mostrando postagens com marcador habitação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador habitação. Mostrar todas as postagens

Residencial Ignêz Andreazza : lugares do Recife

Um conjunto residencial com uma população equivalente a um dos bairros recifenses

Assim é o Ignêz Andreazza , no bairro de Areias , comparado até a muitas cidades pernambucanas em relação ao tamanho da população .

O Ignêz Andreazza abriga pouco mais de 14 mil moradores ; os números do residencial são realmente grandes , chegando a ter uma estação de tratamento de esgoto só para o território do residencial.

Entregue a população no ano de 1983 , o residencial é considerado o maior da América Latina , com uma área de quase 300 mil m² ; são 23 blocos e 176 prédios. Com uma localização privilegiada , às margens da movimentada Avenida Recife , com acesso fácil para várias áreas importantes da cidade , o conjunto foi construído nos anos 80 , sendo diferente dos famosos habitacionais da COHAB , por ser um residencial privado , comercializado pela Inocoop Guararapes , atual Inocoop Plus.

                                                   Imagem de satélite do conjunto residencial

Será o fim do Holiday ?

Prédio icônico do Recife tem problemas que ameaçam sua permanência na paisagem de Boa Viagem !

Primeiro foi a luz elétrica , apontada como irregular e sem segurança , o que causou o corte do fornecimento pela empresa de energia elétrica . Agora são apontados outros problemas que surgem a cada dia ; risco de incêndio , e até de desabamento . O famoso Holiday , localizado numa das áreas mais nobres do Recife vive um dilema . Parte dos moradores já deixaram o local e a cada dia novas mudanças acontecem ; sem os elevadores funcionando , a vida dos moradores que já estava difícil , se torna mais sofrida até na hora de sair do local , tendo que descer inúmeros degraus para deixar desocupar os apartamentos .

Mais de 2 mil moradores , essa era a população residente no edifício Holiday , número que a cada dia vinha ficando menor com a saída dos que não viam condições de permanecer no prédio sem energia elétrica. Com 476 apartamentos distribuídos em 17 andares , os problemas do Holiday não são novidades da mídia , em algumas reportagens já se falava em lixo acumulado , desorganização , criadouros de ratos , gambiarras e etc.

Agora a justiça determinou que o prédio seja desocupado em 5 dias úteis , deixando as famílias desesperadas , muitas sem ter pra onde ir .

História

O Holiday fois construído em 1957 , numa epóca em que nas ruas de Boa Viagem ainda existia muitas casas horizontais , os prédios eram novidades que ia surgindo e tomando o lugar das casas . Veja imagens do Holiday :

Imagens da Internet

Um lugar privilegiado , pois ocupa uma área das mais valorizadas do Recife , a poucos metros da praia , perto de tudo , como afirmam os moradores . O Holiday vive um dilema , será possível recuperá - lo e manter os moradores e até trazer de volta os que estão saindo , ou a interdição vai ser definitiva e veremos o Holiday no chão ? Vamos esperar , torcendo para que as muitas famílias não saíam prejudicadas mais do que já estão.

Avenida Joaquim Ribeiro ( PE - 05 ) vai ganhar novo condomínio residencial

O mercado imobiliário é indutor de mudanças na paisagem dos bairros da RMR !

Áreas que há muito tempo estão sem uso ganham uma nova cara e são responsáveis também pela mudança na dinâmica da localidade onde se constroem as novas áreas residenciais . O blog vem nos últimos anos divulgando mudanças que acontecem nos bairros do Recife com a chegada de empreendimentos desse tipo .

Uma das áreas que devem ter essa nova mudança nos próximos meses é a Avenida Joaquim Ribeiro , no bairro da Caxangá .

Os novos condomínios habitacionais da RMR

Camaragibe , Paulista , Candeias , Curado , Janga , Fundão , São Lourenço da Mata ... O que esses lugares tem em comum ?

Já sei , fazem parte da Região Metropolitana do Recife ; muito bem , se você respondeu isso . Mas vou falar sobre outro aspecto que se tornou comum entre eles nos últimos anos .

São localidades onde foram lançados imóveis do programa Minha Casa Minha Vida , com apartamentos vendidos em sua maioria ainda na planta , esse conceito atraiu e continua atraindo muitas famílias devido a facilidades na hora de financiar um imóvel novo . Quem observa a Região Metropolitana no Google Maps pode ver que surgiram áreas novas , onde antes eram terrenos vazios ou parte de lotes não habitados anteriormente . Alguns desses imóveis estão ao lado de construções antigas , ainda adquiridas na época da Cohab Habitação junto com o BNH , que foi responsável pela construção de grande parte dos grandes conjuntos habitacionais que surgiram entre os anos 60 e 90 .

Agora é o Minha Casa Minha Vida que muda as paisagens de bairros da Região Metropolitana do Recife , dando uma nova cara e atraindo novos serviços para as imediações , veja abaixo um panorama dos locais que atraíram novos moradores nos últimos anos .

Camaragibe

Antes mesmo do Shopping Camará se tornar a principal expectativa do comércio dessa cidade , e consequentemente de outros investidores , como os de imóveis , a cidade já atraiu construtoras no boom da Copa do Mundo 2014 , devido a Arena Pernambuco , palco dos jogos do torneio mundial . O último lançamento na cidade relacionado ao programa é o Jardim das Alfazemas , da Construtora Carrilho. Em Alberto Maia , terrenos imensos ganharam dezenas de apartamentos , como pode ser visto na imagem do mapa abaixo.

Paulista

Outro município onde a chegada de um shopping está entre as atrações de novos investimentos , mesmo não sendo no caso de Paulista o principal motivo ; já que a proximidade com o pólo da Jeep em Goiana é também um fator de atração . Seja no centro ou na orla , que se modifica a cada ano , Paulista teve também um boom de lançamentos imobiliários nos últimos 10 anos ; e o MCMV não ficou de fora desse crescimento , bairros como Pau Amarelo e Janga são os principais "terrenos " onde estão implantados ou em fase de implantação , essas novas moradias.

Candeias ( Jaboatão )

Morar próximo a praia , na área digamos denominada a zona sul do Recife , deixou de ser privilégio pros mais endinheirados . Candeias , bairro pertencente ao município de Jaboatão dos Guararapes , mas logo ali , perto de Boa Viagem , oferece também moradias no padrão popular . Como o bairro tem uma área considerável , os terrenos mais distantes da orla ( porém com fácil acesso ) estão atraindo as construções para uma faixa de preço mais acessível .

Recife ( Curado , Fundão )

Depois do lançamento de mais uma faixa de renda do MCMV , os bairros do Recife ganharam ou estão em fase de construção , imóveis relacionados ao programa .Uma ótima novidade para os beneficiários , que podem adquirir seu imóvel nos limites do Recife .

Veja o post ( link ) com alguns lançamentos do programa dentro do território recifense .

São Lourenço da Mata

Quem não lembra do boom imobiliário que atingiu a cidade , mesmo antes de ser construído a arena que receberia alguns jogos da Copa do Mundo 2014 !

A Copa do Mundo passou , o boom imbiliário se foi , e o que restou ainda espera o município se desenvolver em outras áreas , como a atração de indústrias ou até mesmo que seja retomado o projeto de uma cidade planejada próximo a arena . Na imagem abaixo , um dos locais que mudaram a paisagem com o ganho de prédios de moradia , atraídos pela promessa de morar perto da cidade da copa , que por enquanto ficou no papel . Os moradores e compradores esperam algo de impacto pra que seu tão sonhado imóvel não fique "distante " do desenvolvimento de outras cidades da RMR .

Na foto acima , imagem do terreno adquirido pela Nacional Empreendimentos , onde é possível ver as primeiras duas etapas de um total de quatro reservas ( como é denominado o conjunto de apartamentos ) : Jatobás , Figueiras , Palmeiras e Jacarandás .

Como o mercado imobiliário muda a paisagem urbana

Prédios cada vez mais altos , horizontes que se perdem com as construções verticais . Em contrapartida os novos moradores , dos andares mais altos , ganham uma nova vista da cidade. As construções do mercado de habitação mudam as paisagens das cidades , e a cada lançamento das construtoras , uma nova perspectiva na paisagem do lugar , é criada .

Veja nas imagens , alguns registros que comparam a paisagem anterior e a nova vista com as edificações construídas.

Construção de cidade planejada no Cabo de Santo Agostinho

Via em Outubro de 2013

Mesma via em Agosto de 2015

Para os vizinhos dos novos empreendimentos , a construção das edificações são às vezes importunas , podendo até obstruir a passagem da luz do sol , por exemplo, ou quando o novo é construído em frente ao seu prédio , tirando aquela bela visão da avenida ou até da praia . Os compradores devem se atentar a isso , pois no futuro não irão ter muito o que reclamar .

Infraestrutura

Não é só a paisagem visual que as novas construções trazem como resultado . As ações de infraestrutura são mais benéficas e menos polêmicas ; Com a chegada de empreedimentos de porte , novas atividades são atraídas para as redondezas , e até mesmo melhorias por parte do governo , como a pavimentação de ruas , sinalização , mudanças no trânsito , etc . Ações necessárias devido ao impacto que as novas moradias trazem ao local onde são construídos .

Radiografia dos transportes coletivos nos bairros do Recife : Cajueiro

O bairro do Cajueiro tem citações dos jornais recifenses a partir dos anos 50,  através de anúncios da venda de casas e lotes ou de cartas ao jornal reclamando das condições dos serviços básicos do novo bairro que se formava. Os moradores eram em sua maioria comerciários,  isso pode ser observado nos anúncios de vendas de terrenos no  local,  onde citam como facilidade a proximidade com a rua Nova,  com linha direta da CTU,  partindo de 5 em 5 minutos.

Uma das coisas que chama a atenção no bairro de Cajueiro,  é o traçado das suas ruas em formato de teia de aranha , principalmente quando se olha de cima , como pode ser visto na  imagem do Google Maps  

Transporte

O bairro é atendido pela linha de mesmo nome , da Rodoviária Caxangá , desde a saída da São Paulo do sistema.

Autor no rodapé da foto

Em 1980 , há um relato no Diário de Pernambuco citando a linha Cajueiro operada pela Empresa Pedrosa.

A Avenida Beberibe é a principal via que dá acesso ao bairro , sendo trajeto de muitas linhas de ônibus ; além disso , a linha 722 Campina do Barreto , tem seu ponto terminal no bairro de Cajueiro, a 760 Dois Unidos / Derby trafega por dentro do bairro e a 800 Dois Unidos / Afogados , também atende algumas vias dentro do bairro de Cajueiro .

Mapa dos limites do bairro , com destaque em verde para as vias atendidas por linhas de ônibus

População

Em 1980 o bairro possuía pouco mais de 5 mil habitantes , no último censo do IBGE esse número atingiu 6.584 habitantes ; no bairro de Cajueiro ainda predominam as casas horizontais , no entanto o bairro começa a atrair empreendimentos imobiliários de grande porte , como o Torres do Capibaribe , pelo Programa Minha Casa Minha Vida.

Até a próxima ...

Minha Casa Minha Vida no Recife

O mercado imobiliário do Recife não para de crescer , e agora com novidades , dentro do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal

Vem aí dois lançamentos do programa , dentro dos limites do Recife ; trata - se do Torres do Capibaribe e do Villa Caxangá , ambos da Construtora Baptista Leal .

Bairro da Caxangá

Bairro do Cajueiro

Sem dúvidas , uma ótima oportunidade para as famílias beneficiadas pelo programa do governo , que concede subsídios para a compra do primeiro imóvel . Sem contar a facilidade de morar nos limites da capital pernambucana , em bairros com ótima localização .

Em breve , mais novidades ...

Fotos : site da construtora

Bairro da Várzea cresce verticalmente

Próximo a universidades, corredor de BRT, e com uma área comercial bem desenvolvida, os moradores da Várzea viram nos últimos anos, a expansão do mercado imobiliário.

Com locais bem definidos, as construtoras tem investido cada vez mais no bairro. As moradias se renovam e modificam a dinâmica do bairro , que já foi um lugar bucólico, servindo como descanso para as famílias tradicionais do Recife.

Num passeio pelas ruas e avenidas da Várzea pode - se observar a quantidade de prédios em construção ou recentemente entregues.

A novidade também parte da quantidade de pavimentos dos novos prédios ; não mais de 3 ou 4 andares como existem em muitas ruas da Várzea, mas agora é possível ver empreendimentos em torno de 20 andares.

Um novo horizonte para as construtoras

Não são poucos os terrenos disponíveis que podem se tornar moradias verticais no bairro da Várzea, atraindo construtoras que tradicionalmente construíam somente em bairros mais nobres da cidade.

É o caso da Moura Dubeux, que lançou recentemente o Reserva Polidoro, empreendimento com um conceito mais sofisticado , numa das principais vias do bairro da Várzea, a Avenida General Polidoro.

Boa localização é um dos motivos que tem atraido novos moradores

Próximo a UFPE, IFPE , Colégio Militar do Recife, e também instituições de ensino privado; fácil acesso pela Avenida Caxangá ; a poucos minutos do Centro do Recife. .. São algumas facilidades de se morar na Várzea. Com a chegada dos novos empreendimentos, o bairro deve valorizar mais ainda a sua dinâmica, com novos serviços e comércio.

Transporte público

Bem servido por linhas de ônibus, além da proximidade com o TI Caxangá e o corredor de BRT Leste - Oeste, o bairro da Várzea tem linhas que dão acesso ao SEI - Sistema Estrutural Integrado, que trafegam por suas principais ruas e avenidas.

Links

Fique por dentro !

MINIATURAS

Minha galeria